literatura

Loading...

Pesquisar este blog

Total de visualizações de página

terça-feira, 14 de junho de 2011

Michel Houellebecq

A Possibilidade de uma Ilha
Minha vida, minha vida, minha muito ancestral 
Mal cumprido o meu primeiro voto 
Repudiado o meu primeiro amor, 
Precisei do teu retorno. 

Precisei de conhecer 
O que a vida tem de melhor, 
Quando dois corpos brincam com a felicidade 
E se unem e renascem sem fim. 

Dominado por uma dependência total, 
Sei o estremecimento do ser 
A hesitação em desaparecer, 
O sol que incide de través 

E o amor, onde tudo é fácil, 
Onde tudo é dado no momento; 
Existe no meio do tempo 
A possibilidade de uma ilha. 


O Prazer é Silencioso
Ao contrário da ideia assente 
A palavra não é criadora de um mundo; 
O homem fala como o cão ladra 
Para exprimir raiva, ou medo. 

O prazer é silencioso, 
Tal como o é o estado de felicidade. 



Nenhum comentário: